212. Acústicos e Valvulados: “Fim De Tarde Com Você”

Nunca mais abro a janela do meu quarto
Num dia cinza
Sei que o sol fica dormindo atrás das nuvens
Não ilumina
Nem penso muito no que pode acontecer
Enquanto arrumo todas as coisas que eu sinto
O meu passado e o meu destino
E espero que o fim da tarde venha com você


E vamos novamente ao Rio Grande do Sul.

O artista de hoje é a banda Acústicos e Valvulados, que frequentava muitos dos programas da TV Cultura na passagem para o século XXI. Foi por conta deles – Bem BrasilMusikaosTurma da Cultura, etc. – que vim a conhecer o som dos gaúchos, que me soava como uma mescla bem azeitada entre a tradição das baladas românticas e o rockabilly. Ou seja, quase uma atualização da Jovem Guarda, com um lado acústico muito trabalhado (para cada sucesso elétrico, a banda costumava soltar versões violeiras em singles ou promos), embora os shows privilegiassem o punch – sendo algumas canções praticamente pop-punks, como parte do repertório do Offspring, cujo vocalista Dexter Holland parece inspirar, até hoje, o visual do cantor do Acústicos, Rafael Malenotti.

Uma das canções que ouvi bastante, nesses programas musicais, é “Fim De Tarde Com Você”, uma balada ao violão, perfeita para um bom luau. A harmonia percorre o tom de Sol Maior de forma bastante previsível, exceto nas passagens em que aparece um surpreendente Dó Menor, acumulando uma tensão que torna a resolução, com o retorno à tonalidade original, ainda mais triunfante e cheia de expectativa: “Espero que o fim da tarde venha com você”.

O autor da canção, o baterista Paulo James, elenca três inspirações para a letra.

Em primeiro lugar, o despertar sob uma ressaca braba, quando “Acordar é uma questão”, nas palavras do músico. Ao levantar naquele estado deplorável, o compositor abriu a janela do seu quarto, se deparando com um dia nublado. Tem horas que nem a natureza parece contribuir. E, a seguir, a exclamação: “Bah, seria uma boa nunca mais abrir o diabo dessa janela num dia como hoje!”.

Depois, o fato de que, à época, sua “guria” o visitava sempre ao final da tarde, após sair do trabalho ou da faculdade. Daí a expectativa para a conjunção amorosa, explicitada no refrão, que transcrevi há pouco.

Por fim, a influência de “I’m Only Sleeping”, dos Beatles de Revolver (1966) – “Um tributo à vagabundagem!”, novamente nas palavras de P. James.

De fato, se canção de Lennon e McCartney fala algo como “Keeping an eye on the world going by my window / Taking my time / Lying here and staring at the ceiling / Waiting for that sleepy feeling”, “Fim De Tarde Com Você” traz os versos “Resisto, mas escuto bem o som dos carros / Na avenida / Quero mais é descansar com meu cigarro / No andar de cima”.

Paulo James conseguiu, assim, articular muito bem três contextos, elaborando uma bela canção, que poderia ser mais conhecida. Para mim, esse hit do álbum Acústicos e valvulados (1999) representa muito bem a criatividade das bandas noventistas – já posta em questão àqueles tempos e hoje, sem dúvidas, atestada pela longevidade e pelo carisma de muitos desses conjuntos.

acusticos-e-valvulados.jpg
Acústicos e Valvulados: rocks e baladas ao violão embalando romances e ressacas.

Existem muitas versões alternativas para “Fim De Tarde Com Você”.

Em seu Acústico, ao vivo e a cores (2007), o Acústicos e Valvulados reapresenta a canção, adornando-a com uma bela steel guitar, o que realça o sabor country que estava presente já no registro original:

Em Diamantes verdadeiros (2014), a banda relê seu repertório com versões mais roqueiras para seus sucessos. “Fim De Tarde Com Você” permanece a balada de sempre, mas ganha um solo dividido entre uma guitarra distorcida e um órgão. Boa versão:

Por fim, há uma gravação acústica mais recente, divulgada como single em 2017. Bonita e, talvez, a definitiva:

4 comentários

    1. É uma banda muito bacana, que poderia ter ganho o Brasil. Hoje vejo que os anos 1990 produziram coisas interessantíssimas (principalmente no pop-rock), que nunca dei muito valor, à época.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s